A privacidade é minha e eu faço com ela o que eu quiser

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Amigos, este episódio da descoberta da identidade do Zé Mobral é mais um exemplo de como temos que tomar cuidado com o que postamos na Internet. O compartilhamento de informações é uma realidade, mas se desejamos ser anônimos, temos que tomar as devidas precauções. Existem muitas, mas muitas, maneiras de quebrar a privacidade na Internet, sem mesmo se utilizar das técnicas de invasão, quebra de senha, etc. Não vou ficar descrevendo aqui para não incentivar, mas uma pesquisa mais detalhada no Google pode fornecer mais informações sobre o assunto facilmente.

Eu trabalho na área de TI e tenho certeza que alguns colegas blogueiros deixam brechas que poderiam ser portas para a quebra da privacidade. Eu particularmente, como não tenho interesse nenhum em quebrar a privacidade de alguém, portanto não fico explorando os blogs atrás destas brechas, mas sei que tem pessoas que sabem fazer isso e uma hora ou outra vão encontrando as brechas. Eu mesmo já deixei algumas brechas que poderiam ter sido responsáveis pela revelação da minha identidade, mas felizmente consegui resolvê-las (as que eu encontrei) a tempo de serem percebidas.

Este episódio do Zé Mobral só ressalta que temos que estar atentos e evitar compartilhar informações que podem comprometer a segurança do blogueiro, seja segurança física (se tem muito dinheiro), profissional (ser descoberto e criar problemas no trabalho) ou pessoal (imagina se a índia ou a sogra leram o blog do Mobral sabendo quem era).

Eu particularmente não divulgo informações pessoais detalhadas e nem o montante da minha carteira, justamente pelos pontos acima. O blog serve como uma forma de interação com a comunidade e até mesmo como uma maneira de documentar a execução da minha estratégia, mas por mais que eu queira que mais pessoas saibam da minha vida, não me sinto seguro em compartilhar mais informações do que já compartilho. Hoje já temos informações da nossa vida abertas para muita gente (redes sociais, Facebook, etc) então não há necessidade de abrirmos mais uma porta.

Espero que todos estejam atentos. A Internet é um local seguro se você souber controlar os riscos, assim como os investimentos na bolsa de valores.

Se cuidem! Abraços.

9 comentários

  1. Pois é E.I, assino abaixo do que escreves

    ResponderExcluir
  2. Se um dia eu for descoberto não vou sumir como todos fazem, mesmo porque meu patrimônio é uma merreca. Deverei sim parar de postar os valores totais, passando a postar só os rendimentos. Bobeira este lance de sumir do mapa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é Uó, eu acho a Internet perigosa, mas o mundo real é muito mais perigoso.
      É muito mais fácil alguém saber muito sobre você no mundo real, pois pelo local onde mora, pela escola onde os filhos estudam e pelo carro que tem qualquer um pode presumir qual seu patrimônio.
      Tb acho bobeira este lance de sumir, mas eu acho que as pessoas acabam sumindo por outros motivos e o fato de ser descoberto é um pretexto.
      Abraços

      Excluir
  3. É um assunto delicado, principalmente com a Internet. O que é escrito aqui poderá permanecer indefinitivamente, mesmo depois de apagar o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DH, concordo que seja delicado mesmo, mas como eu disse acima para o Uó, o mundo real é muito mais perigoso que o virtual. O virtual só potencializa e aumenta as opções.
      Valeu, abraços!

      Excluir
  4. Eu ainda não entendi qual que é a treta da privacidade na internet. Se descobrirem que é a pessoa que escreve o blog, e daí?

    ResponderExcluir
  5. Marco, pode não ter problemas mas por outro lado pode ser um risco, tudo depende de quanto dinheiro uma pessoa tem e o quanto ela quer ficar exposta.
    Do ponto de vista financeiro, se um cara tem muito dinheiro eu acho um risco ficar se exibindo publicamente o que pode chamar a atenção de pessoal mal intencionadas.
    Do ponto de vista de exposição, eu não gosto de compartilhar muito minha estratégia de gestão de meus recursos com pessoas conhecidas, portanto anonimamente eu me sinto mais à vontade. Penso que meus colegas de trabalho não precisam tomar conhecimento das minhas estratégias, quais ações eu compro, quanto dinheiro ganho, etc. Mas isso varia de pessoal para pessoa.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Quanto menos informações pessoais nós colocamos na internet, melhor. Isso tanto vale para blogs como redes sociais tipo Facebook. Antes no Facebook eu colocava muitas informações, do tipo trabalho, cidade, nome da empresa etc. Teve uma hora que meio mundo sabia detalhes da minha vida e algumas pessoas começaram a querer me prejudicar. Portanto, cuidado com a internet, ainda mais aqui no Brasil onde a quantidade de pessoas invejosas e mesquinhas é muito grande.

    ResponderExcluir

 

Seguir por e-mail

Posts Populares

Blogs Favoritos

Estatísticas