Fechamento - Julho 2019

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Olá amigos, não tenho publicado postagens de fechamento nos últimos meses, sobretudo por falta de tempo e uma certa monotonia da carteira. Monotonia esta desejada para um investidor de longo prazo (Buy & Hold) como eu.

Neste mês estou na frente do computador com os dados de fechamento, então resolvi publicar.

Estes são os resultados da carteira em Julho de 2019:

Alocação: 100% em ações* 
Rentabilidade em Julho/19: +4,40% (Ibovespa +0,84%
)
Acumulado no Ano de 2019: +10,52% (Ibovespa +15,84%)

TIR Jan/12 - Jul/19: +0,679% ao mês ou +8,46% ao ano

*Tenho também alocação em renda fixa e no exterior, mas a carteira com a rentabilidade gerenciada e compartilhada aqui no blog é apenas a carteira de ações, uma vez que o propósito principal do blog é o estudo de investimento no mercado de ações.

Abaixo a situação atual da minha carteira:


A performance de uma maneira geral da carteira no mês foi muito boa, batendo o Ibovespa com certa folga, apesar de ainda estar perdendo no acumulado do ano 2019.

No acumulado total, desde Janeiro de 2012, o retorno líquido de 8,46% ao ano  pode ser considerado razoável, pois está ligeiramente acima do CDI líquido para o período (pelos meus cálculos o CDI bruto foi de 9,81% e o líquido 8,33%).

A grande vilã da carteira vem sendo a Cielo, logo ela que há cerca de 4 anos (em julho de 2015) eu fiz esta postagem A Magia dos 100% em que destacava exatamente o fato de a Cielo ter sido a primeira ação minha que atingiu 100% de rentabilidade (acho que a postagem zicou a empresa, rs). Interessante notar como o cenário muda, pois na postagem de 2015 eu ainda destacava que as vilãs da carteira eram Vale, Gerdau, Natura e Hering. Destas, somente a Gerdau não subiu muito, as demais dispararam nestes 4 anos.

Outras como Itaú e Porto Seguro, já eram destaque e continuaram subindo no período. Já a Ultrapar, outro destaque de 2015 vem sofrendo desde então.

No fundo, a grande lição é: não temos como prever o futuro e a melhor arma que temos para nos protegermos é a diversificação. A máxima "não coloque todos os ovos na mesma cesta" mais uma vez está mostrando seus efeitos.

Importante:
Este material tem propósito meramente informativo. Não consiste em recomendação financeira ou estratégica para investimentos. Para saber mais sobre as opções de investimento e receber recomendações, procure uma instituição financeira com profissionais habilitados.



3 comentários

  1. ahahahah Entrei na Cielo mês passado a 6,60 acho. Vejo uma esperança nela ainda mas, realmente, quem entrou qd ela batia uns 30 deve dar uma dor no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DivUFRJ, estou na bolsa desde 2012, inevitavelmente terei situação de alto ganho e alta perda, tudo normal. Graças a diversificação a conta se equilibra.
      Eu continuo acreditando ser uma boa empresa, apesar de não ser o que era, então sigo com ela. Inclusive fiz compras na casa de 7,xx ultimamente.
      Abraços

      Excluir

 

Posts Populares

Blogs Favoritos

Estatísticas