Até quando vamos viver esta ilusão que está tudo bem?

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

fonte: http://thefaintofheart.wordpress.com/2013/09/26/pillow-talk-xxx/
Pois é pessoal, como foi divulgado amplamente hoje o PIB (Produto Interno Bruto) recuou 0,5% no terceiro trimestre quando comparado com o segundo semestre. O pior resultado em 4 anos e um dos piores entre os principais países do mundo.



Agora eu pergunto: Até onde isso vai? até quando vamos aturar esta falsa ilusão que está tudo bem? Precisamos reagir rápido e a melhor forma de fazer isso é nas urnas no ano que vem. 

Outro dia li uma notícia sobre o lançamento de um livro intitulado "A Década Perdida". Eu não li o livro, mas pelo título me parece que reflete bem o meu pensamento sobre o tema. No ano que vem terão que atualizar para "Uma Dúzia de Anos Perdidos" e cabe somente a nós impedir que se tornem 16 (ou 20, 24 ...)

Este Guido Mantega é um fanfarrão. Ontem mesmo disse que a economia estava bombando, hoje já veio dar desculpas dizendo que a economia foi mal no 3T devido à forte base de comparação que foi o 2T. Faça-me o favor hein?

Caro ministro, existem 2 tipos de pessoa no mundo: Os que fazem e os que justificam porque não fizeram!

fonte: http://thefaintofheart.wordpress.com/2013/09/26/pillow-talk-xxx/

Eu não aguento mais esta porcaria. Infelizmente a cada dia que passa eu fico mais próximo de desistir do meu próprio pais.


Do Séc. XVII vem este ensinamento do Cardeal de Retz:

"Quando os que mandam perdem a vergonha,
  os que obedecem perdem o respeito",  

CARDEAL DE RETZ, Jean-François de Gondi 1613-1652  (religioso e político Frances)

8 comentários

  1. Pois é meu caro,
    O Brasil está cada dia pior e não há perspectiva de melhora.
    Nossa querida presidenta está aí, pronta para vencer a eleição já no primeiro turno.
    Eu já estou organizando as minhas malas.

    ResponderExcluir
  2. Eu tb to louco pra desistir daqui... Tenho começado a convencer minha namorada a mudar para um outro pais assim que acabar a fase de acumulação... Abraco

    ResponderExcluir
  3. Enquanto cidadão, eu já estou resignado. Cada povo tem os governantes que merecem. A Kichner está destruindo a Argentina, mas ela não é nenhuma ditadora que se apossou do poder. Ela foi legitimamente eleita, então nuestros manos não podem reclamar. O nosso povo tem também exatamente o que escolheu. Nós que não concordamos, mas não fazemos a diferença na escolha, só podemos resignar ou vazar. Eu lamento quando mais jovem e sem amarras aqui não ter vazado. Hoje só me resta tentar passar o máximo de férias possível no exterior para esquecer isso daqui.

    Agora enquanto investidor, penso que não importa quem está no poder ou a política economica. O investidor deve ser imparcial, sem torcida por ideologias ou partidos. Quem está no poder e o que ele está fazendo é apenas uma realidade que o investidor deve constatar e em função dela bolar sua estratégia para maximizar seu ganho. É o famoso dançar conforme a música. Digo isso porque o mercado de capitais oferece muitos investimentos que são bidirecionais, significa dizer que se pode ganhar na queda ou na alta. Temos que estar aberto a fazer uso desses instrumentos quando for o caso.

    Eu, por exemplo, de forma bem simples, mantenho uma aplicação em dólar que vem fazendo o contrabalanço da bolsa e segurando um pouco a queda. Em caso de uma crise sistêmica e a bolsa derreter é quase inevitável uma disparada do dólar.

    Bonito blog EcoInc, te dei add no roll.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro Bilhão,
      Desculpe pela demora, eu não tinha visto seu comentário.

      Eu tenho mudado muito a minha postura, pois com o amadurecimento nós vamos evoluindo na maneira de pensar e na praticidade. Eu ainda acho que o Brasil é um país bom para ganhar a vida honestamente, pelo menos para mim. Eu não concordo com este governo, mas como você disse, foi eleito democraticamente e temos que aceitar.

      Meu maior problema (mesmo) com o país é a violencia, pois é uma das únicas variáveis que não temos controle. Acho um absurdo viver em um local onde para ter um mínimo de segurança você tem que ter carro blindado, mas infelizmente vejo que isso está mais próximo da minha realidade a cada dia.

      Viajo bastante ao exterior, seja a trabalho ou férias, e são momentos onde impera a tranquilidade com respeito à violencia.

      Valeu pela visita e pelo atencioso comentário.

      Abraços!

      Excluir

 

Seguir por e-mail

Posts Populares

Blogs Favoritos

Estatísticas